Fui Demitido e Agora? Aprenda a Organizar Suas Finanças Depois da Demissão

Tempo de leitura: 4 minutos

Fui demitido e agora? Aprenda a organizar suas finanças depois da demissão

Levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com os resultados do primeiro trimestre de 2017 mostrou que o número de desempregados no Brasil atingiu 14,2 milhões. Índice é o mais alto desde que o Instituto começou a publicar a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

A taxa de desocupação no país continua em alta e também segue crescente o medo de ficar desempregado. Dia após dia recebemos notícias de amigos ou familiares perdendo seu lugar no mercado de trabalho e até mesmo você já pode ter sido atingido por essa onda. Pensando nisso, o post de hoje traz dicas de como organizar as finanças após a demissão.

Quais são os primeiros passos?

Fui demitido e agora? Perder o emprego é sempre um grande susto, mas tenha calma e se organize. Investindo bem, você pode sobreviver a esse período de vacas magras sem grandes problemas.

Em caso de demissão, é permitido retirar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), mais 40% de multa rescisória paga pela empresa e ainda pode ser que tenha direito a alguns meses de seguro-desemprego e outros benefícios como férias vencidas, etc.

A primeira providência é utilizar o dinheiro para quitar possíveis dívidas, sobretudo àquelas com juros mais altos como cheque especial e crédito rotativo do cartão de crédito. Depois disso, se organize para um período que pode ser até mais longo do que se imagina.

Fundo de Garantia normalmente é equivalente a um dia por ano de trabalho. Se seu salário mensal era de R$ 5 mil e você trabalhou 10 anos, seu saldo será R$ 50 mil. Somando mais 40% da multa, poderia chegar a R$ 70 mil, o que equivale a 15 meses de salário.

No entanto, quando se tem dívidas a serem quitadas, esse saldo pode sofrer um grande abatimento. Portanto, o ideal é ter uma reserva financeira para emergências e não ter o FGTS como a única solução para os meses em que estiver desempregado.

Regra de ouro: Economize!

Para economizar efetivamente, é preciso saber quanto você anda gastando. Monte uma planilha financeira detalhada que inclua desde o cafezinho até a prestação da sua casa. Já falamos algumas vezes sobre a importância de se ter uma planilha diária aqui no blog.

Essa atitude vai facilitar uma análise de sua despesa e uma posterior faxina. Lembre-se de que é preciso eliminar o desperdício e melhorar os custos considerados necessários, buscando alternativas mais baratas.

É essencial buscar uma reestruturação financeira para atravessar este período e se planejar para, posteriormente, estar prevenido contra imprevistos. Poupe sempre, invista seu dinheiro e tenha uma reserva de emergência.

Vida nova após o susto do desemprego

O desemprego, às vezes, chega repentinamente, mas que tal olhar com outros olhos essa fase? Pode ser uma oportunidade para abrir o sonhado negócio próprio ou migrar para outra carreira profissional, por exemplo. Busque uma assessoria para este momento e evite ser precipitado.

O desempregado precisa ter dinheiro para as despesas, mas, eventualmente, é possível investir também em um curso e retomar a carreira. Utilize seu networking e se coloque disponível para eventuais oportunidades de trabalho. Afinal, as chances aparecem para quem corre atrás delas.

O mais importante é você estar preparado e estar no controle da situação.

Que tal começar a praticar estas dicas a partir de agora?

Gostou deste artigo? Então deixe um comentário abaixo e compartilhe com seus amigos e familiares, eles também podem se interessar por este assunto.

Um grande abraço e até breve.

Lembre-se:

Liberdade Financeira é uma questão de escolha.

João Aliardi

Mestre do Investimento

PS: Você já conhece meu canal no Youtube? Lá eu dou muitas dicas e informações para ajudar as pessoas a conquistarem a sua Liberdade Financeira, se ainda não assinou assine e clique no sininho também pois assim você é notificado cada vez que eu subir um vídeo novo no canal, faço isto normalmente as terças e quintas feiras e quando tem algum assunto importante.

Clique aqui para ir para o canal do Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *